PME e trabalhadores independentes: como aceder aos fundos europeus

  • Servimedia
  • 26 Abril 2022

As associações empresariais e instituições financeiras como o CaixaBank,em Espanha, estão posicionadas como as melhores opções para receber aconselhamento no âmbito dos fundos europeus.

As associações empresariais e instituições financeiras, como o CaixaBank, estão posicionadas como as melhores opções para oferecer aconselhamento às PME e aos trabalhadores independentes sobre como as candidaturas aos fundos europeus, noticia a Servimedia.

Em maio, passarão dois anos desde que a União Europeia (UE) anunciou o lançamento dos apoios Next Generation EU no valor global de 750.000 milhões de euros para todos os estados membros – quase um quinto desse valor irá para Espanha.

No entanto, apesar de o programa estar em curso em Espanha há muitos meses, existe ainda um grande número de PME, microempresas e trabalhadores independentes que não sabem como solicitar ajuda a partir deste instrumento europeu de recuperação. Para o fazer, é necessário seguir uma série de passos, como indicam fontes governamentais, associações empresariais e outros especialistas.

Em primeiro lugar, verificar se o projeto se enquadra numa das áreas cobertas pelas subvenções: mobilidade/renováveis, empreendedorismo, indústria, digitalização e formação. Em caso afirmativo, há uma boa probabilidade de ser elegível para financiamento.

É também importante obter aconselhamento. Associações como as Câmaras de Comércio e instituições financeiras, como o CaixaBank, criaram unidades específicas com profissionais experientes na gestão de fundos e estão entre as mais bem posicionadas para fornecer orientação às empresas e aos trabalhadores independentes.

Para além de terem equipas especializadas, criaram também plataformas e motores de busca de ajuda que lhes permitem encontrar informações relevantes sobre os fundos e filtrar candidaturas de acordo com aspetos como o tipo de beneficiário, a ajuda, a convocatória, o setor económico do beneficiário e a província.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PME e trabalhadores independentes: como aceder aos fundos europeus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião