Galp abre mais quatro centrais solares e supera 1GW de potência na Península Ibérica

Energética portuguesa iniciou produção de quatro novas centrais fotovoltaicas em Espanha, que poderão proporcionar energia limpa a um total de 140 mil famílias.

A Galp ultrapassou o patamar de 1 gigawatt (GW) de energia produzida a partir de painéis solares na Península Ibérica. A energética portuguesa superou esse patamar porque iniciou a produção em quatro novas centrais fotovoltaicas em Espanha, anunciou a empresa esta quinta-feira em comunicado.

No total, as quatro novas instalações poderão satisfazer as necessidades energéticas de 140 mil famílias e poupar a emissão de cerca de 54 quilo toneladas de dióxido de carbono,

Três das novas centrais ficam em Alcázar de San Juan, em Ciudad Real, e têm uma capacidade total de 150 MW, “estimando-se que venha a fornecer anualmente 295.345 MWh, equivalente às necessidades energéticas de 105 mil famílias”, refere o documento.

A quarta central fica localizada em Chiprana, perto de Saragoça. Com capacidade instalada de 50 MW, poderá produzir anualmente 90.855 MWh de energia, “o suficiente para abastecer 35 mil casas com energia limpa.

“O início das operações de Logro e Alcázar confirma o nosso compromisso de continuarmos a liderar a transição para um sistema energético mais sustentável, aumentando a segurança energética da Península Ibérica e baixando os custos de eletricidade para todos”, destacou o responsável operacional da Galp para as energias renováveis e novos negócios, Georgios Papadimitriou.

A Península Ibérica, com 1,2 GW de capacidade instalada de produção solar, corresponde a 12,5% da carteira total de 9,6 GW de potência que a Galp tem ou vai ter em países como Espanha, Brasil e Portugal. Até 2025, a energética pretende atingir os 4 GW de capacidade; até 2030, o objetivo é chegar aos 12 GW.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp abre mais quatro centrais solares e supera 1GW de potência na Península Ibérica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião