Wall Street em alta com otimismo face à China

  • Joana Abrantes Gomes
  • 6 Junho 2022

O Governo chinês suspendeu a proibição sobre as apps da Didi Global, que existia desde julho de 2021, alimentando o otimismo dos investidores nos EUA.

Depois do balanço negativo na semana passada, as principais bolsas norte-americanas arrancaram esta segunda-feira em alta, impulsionadas pelas ações de tecnológicas chinesas cotadas nos EUA, com as quais os investidores estão mais otimistas face à flexibilização das restrições à Covid-19 na segunda maior economia do mundo e um alívio das medidas regulatórias.

Neste contexto, o índice de referência em Wall Street, S&P 500, valoriza 1,02% para 4.150,52 pontos, enquanto o industrial Dow Jones avança 0,57% para 33.085,61 pontos. O tecnológico Nasdaq regista os maiores ganhos, ao subir 1,62% para 12.207,14 pontos.

Com o alívio de restrições pandémicas nas cidades chinesas de Pequim e Xangai, que enfrentaram um surto de Covid-19 nas últimas semanas, as bolsas da China abriram em terreno positivo, o que aumentou o sentimento dos investidores para comprar ações de cotadas chinesas nos Estados Unidos. A Didi Global, por exemplo, sobe 0,52%, para 2,72 dólares, depois do anúncio de que poderá voltar a ter a sua app nas lojas digitais a partir da próxima semana.

Na tecnologia, destaca-se também a Apple, que avança 1,39%, a Tesla, com ganhos de 1,58%, e a Alphabet, “casa-mãe” da Google, que sobe 3%.

A semana passada foi novamente marcada por fortes quedas nos principais índices dos EUA, com os investidores a digerirem, no final da semana, os dados relativos ao mercado laboral, que indicam que foram criados 390 mil postos de trabalho em maio, excluindo o setor agrícola.

Estes números superaram as expectativas dos analistas, agravando os receios de que a economia norte-americana continue em “sobreaquecimento”, apesar de a Reserva Federal já ter começado a subir as taxas de juro, dando força à tese de que poderá ser necessária uma política monetária mais agressiva para conter a inflação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street em alta com otimismo face à China

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião