Andamos todos distraídos?

Somos todos a #GeraçãoCordão, a que não desliga e a quem se exige literacia digital ou o uso de protetor, adequado ao nosso nível de dependência, tal como adequamos um protetor solar à nossa pele.

Esta foi a grande questão que se colocou no Congresso Nacional de Marketing da APPM, com o tema “NOW – Marketing in times of Distraction”. E sim, a resposta é unânime entre quem cria, gere e comunica marcas. Andamos todos distraídos – marcas e consumidores, com tanta tecnologia, conteúdos e meios. Somos a “Geração Cordão”, a que não desliga e a quem se exige literacia digital ou o uso de protetor, adequado ao nosso nível de dependência, tal como adequamos um protetor solar à nossa pele. E quando as coisas nos são colocadas assim, tudo faz mais sentido:

E neste mundo meio esquizofrénico em que queremos acelerar e travar, em que queremos ser tradicionais e tecnológicos, em que se exigem canais de venda digitais e pontos de venda físicos, em que só 40% das campanhas digitais são vistas por humanos…em que não paramos para ouvir #ok,boomers! O que se consegue? Distração!

Com a chegada e com o nível de exigência deste everything customer acabou a “blablaland”, como se ouviu no congresso. E voltam as questões de base no branding: as marcas precisam de ter o seu Propósito claro. Simplificar. Inovar. Regressar às boas ideias. Ser capaz de gerar empatia e dar segurança emocional ao consumidor. Em tempos em que Everything’s amazing right now and nobody is happy…pede-se consistência. Proximidade. Inclusão. Porque não é preciso uma campanha épica, apenas uma marca que, quando comunica olha, olhos nos olhos, as pessoas. Sim, cada vez mais pessoas, e menos consumidores.

Tempos de distração, em que projetos como Online/offline e o seu #meaningfulvandalism nos trazem de volto o foco ao palco do Congresso. Depois das ruas, onde os cartazes nos chamaram a atenção para o uso excessivo da tecnologia, o documentário mostra-nos como de uma insónia nasce uma ideia. Eficaz, online e offline, em tempos de distração.

Comentários ({{ total }})

Andamos todos distraídos?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião