Eleições & tampõespremium

O País real empobrece e a política formal exibe uma decomposição interna que afecta a lucidez de quem discursa palavras codificadas

Agora com o Orçamento aprovado com algumas incorporações inócuas dos “idiotas úteis”, o Governo vai mesmo governar Portugal no sentido do Progresso. Talvez sim ou talvez não no tabuleiro da Nova Ordem Mundial olimpicamente ignorada ao longo do debate em decomposição. Aliás, a audição dos debates no Parlamento são um corte satírico que separa a Política formal do País real. O País real empobrece, sofre com a inflacção e os baixos salários, manifesta-se nas ruas, instala-se resignado na cauda do ranking da Europa, lidera no Mundo com o número de incidências Covid, a força hipnótica da discussão contribuiu para o adormecimento de um País imobilizado. A Política formal exibe uma decomposição interna que afecta a lucidez de quem discursa palavras codificadas, com deturpações, manipulações e um

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos