Os impostos vão aumentarpremium

Se o aumento do IRC, ou o englobamento do imposto sobre os rendimentos de capitais, avançar no estrangeiro, há alguma dúvida sobre o que será seguido em Portugal?

Numa altura em que está em curso uma discussão internacional sobre o aumento dos impostos, o Governo português tem feito um esforço por se distanciar de tais intenções. O próprio ministro das Finanças, em entrevista recente à RTP, até teve um momento “ read my lips: no new taxes”. Compreende-se. A célebre sobretaxa de Vítor Gaspar ainda está na memória colectiva do país e o PS, que a revogou, não quer agora ficar associado à (re)introdução de coisas do género. Mas se avançarem as medidas fiscais que têm vindo a ser apresentadas na Europa e nos Estados Unidos, então, será pouco crível que Portugal não avance em sentido idêntico. De resto, na minha opinião está escrito nas estrelas: os impostos vão mesmo aumentar. A carga fiscal em Portugal atingiu recentemente um novo máximo histórico:

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos