Impostos

Luís Lima, presidente da APEMIP, em entrevista ao ECO - 09OUT19

O Governo quer retirar aos reformados estrangeiros a dupla isenção de IRS, aplicando-lhes uma taxa de 10%, com um imposto mínimo de 7.500 euros anuais.