Impostos

O INE também reviu em baixa a carga fiscal de 2018, de 34,8% para 34,7%. Apesar da revisão, o valor definitivo de 2018 e o provisório para 2019 corresponde ao mais elevado desde 1995.