Investimento

Mudança nas regras para limitar a atribuição de vistos gold, o novo ano chinês e o coronavírus podem justificar a quebra para mais de metade nos vistos concedidos a cidadãos chineses em fevereiro.