Transportes

Governo já tinha anunciado que vai contratar uma empresa especializada para encontrar nova equipa de gestão para a companhia aérea. Ministro garante que está disposto a pagar por isso.

Depois de António Costa, foi a vez de Pedro Nuno Santos admitir que a reestruturação levará ao corte de postos de trabalho na companhia aérea. Mas terá de acontecer para tornar a TAP viável.