Web Summit vai abrir primeiro escritório fora de Dublin em Lisboa e está a contratar

Depois de escolher a capital portuguesa para casa do maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo, Paddy Cosgrave anunciou que empresa vai abrir primeiro escritório internacional em Lisboa.

Ainda não tem data marcada nem número de trabalhadores mas é já uma certeza: Lisboa vai servir de base ao primeiro escritório internacional do Web Summit, responsável pela organização com o mesmo nome. O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo CEO da empresa, Paddy Cosgrave, no lançamento do programa Road 2 Web Summit, no Beato, em Lisboa.

“Estamos muito contentes por anunciar este novo capítulo na nossa empresa. Lisboa é uma casa natural para o nosso primeiro escritório internacional, localizado a uma curta distância do espaço que acolherá o Web Summit em novembro. O cenário crescente de startups, a incrível criatividade que vimos nos nossos parceiros portugueses e o apoio que recebemos do governo português e dos diversos organismos o ano passado, tornaram esta decisão muito fácil para nós. Além disso, o Hub Criativo do Beato é um espaço fantástico”, disse Paddy Cosgrave, no palco, depois de anunciar a abertura do primeiro escritório na capital portuguesa.

O irlandês disse que a decisão foi tomada por Lisboa ser a localização natural mas também por muita insistência dos colaboradores da empresa, “que se queixam muito da chuva constante de Dublin”. “Estão ansiosos por mudar-se para Lisboa”, disse o responsável.

Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit.
Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit.

Há menos de um ano, Paddy Cosgrave anunciava a decisão de o maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo sair de Dublin, casa-natal, para se mudar para Lisboa. O evento decorre no Meo Arena e da Feira Internacional de Lisboa (FIL), entre 7 e 10 de novembro.

Para já, Paddy fala na necessidade de empregar cerca de uma dúzia de pessoas em Lisboa mas o número de candidaturas não está fechado. Em Lisboa, o Web Summit procura especialistas em vendas e engenharia, para integrar a equipa antes do maior ciclo de conferências de tecnologia do planeta. As vagas disponíveis incluem posições no Trusted Advisor’s, equipa que faz parte da divisão de vendas e trabalha com parceiros globais como a Google, Facebook, Intercom, KPMG e centenas de outros através das suas conferências em todo o mundo.

Atualmente, a empresa conta com mais de 150 pessoas na sua sede em Dublin, e organiza, além do Web Summit, outros eventos globais de tecnologia e startups, como o Collision nos EUA, RISE em Hong Kong e o MoneyConf em Madrid.

 

Comentários ({{ total }})

Web Summit vai abrir primeiro escritório fora de Dublin em Lisboa e está a contratar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião