Mariana de Araújo Barbosa

  • PR & Comms Manager na Coverflex. Fundadora e host do podcast “Start now. Cry later”
Mariana de Araújo Barbosa
Mariana de Araújo Barbosa
Costuma dizer-se que " o pior cego é aquele que não quer ver". Pois bem: proponho uma alteração ao ditado. Percebi, depois de ler esta notícia, que talvez o pior cego seja aquele a quem não deixam ver. Ou melhor dito, a quem não deixam ler. Um dia destes o mundo tem de deixar de nos espantar, verdade? Ainda não foi desta. Noticia a Newsweekque alguns dos títulos mais importantes da literatura clássica e moderna foram removidos de escolas e livrarias dos Estados Unidos. A lista exclui títulos como "The Handmaid's Tale" ou "Girls Who Code", entre outros, numa atualização levada a cabo pela organização PEN America, que defende a liberdade de expressão na literatura, ao índice nacional que lista todos os livros banidos no ano escolar 2021-22. Feitas as contas, a lista exclui 1.648 títulos

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos

Biografia

Jornalista desde 2007, não podia ser outra coisa qualquer. Desde 2011 que escrevo histórias de Fazedores, primeiro no Dinheiro Vivo e agora no ECO: reportagens sobre gente que pensa, planeia e cria negócios. Gosto mais de perguntar do que de responder. Adoro escrever e viajar. Se puder fazer as duas coisas, perfeito. Estudei jornalismo na Universidade Nova de Lisboa, na Complutense de Madrid e na Torcuato di Tella, em Buenos Aires. Estagiei na TSF e no Rádio Clube Português, fundei o jornal i, a revista Tentações e o site Dinheiro Vivo. Passei por Madrid, Buenos Aires e Nova Iorque. Sou uma Chica Poderosa. Acabo sempre por regressar mas estou sempre no ir.