Adeus, Rosetta. As últimas fotos da sonda espacial

As fotografias foram tiradas pela própria sonda espacial a uma distância de 15 km até à queda e destruição. O último registo foi aos 20 metros de distância.

Passados 12 anos, a sonda espacial Rosetta acabou esta sexta-feira a sua missão. Saiu em 2004 e passou os últimos dois anos na órbita de Júpiter a estudar o cometa67P. Para a Rosetta, 30 de setembro ficará marcado como o seu último dia de vida.

Era uma sonda de três mil quilogramas e cerca de 32 metros de diâmetro. Rosetta percorreu mais de seis mil milhões de quilómetros até chegar a Júpiter, em 2014.

Foi desta sonda espacial que o robot Philae saiu para ir recolher material in loco no cometa. Os dados recolhidos são importantes para o desenvolvimento da ciência no futuro, principalmente porque os cometas são elementos fundadores do sistema solar, podendo explicar fases de desenvolvimento anteriores do nosso próprio planeta.

As fotografias são da Agência Espacial Europeia e referem-se ao cometa cometa67P.

Editado por Mariana de Araújo Barbosa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Adeus, Rosetta. As últimas fotos da sonda espacial

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião