Santos Silva diz que consolidação da banca até ao fim do ano é “absolutamente essencial”

  • Lusa
  • 8 Novembro 2016

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera "absolutamente essencial" consolidação da banca até ao fim do ano. Santos Silva diz que essa é uma das condições para relançar o crescimento da economia

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considerou esta terça-feira “absolutamente essencial” resolver até ao fim do ano a consolidação da banca, uma das condições para o relançamento do crescimento da economia em Portugal.

É absolutamente essencial que a gente resolva até ao fim deste ano os problemas que causaram o aumento da dívida portuguesa, os problemas de ausência de consolidação do sistema bancário português“, afirmou o governante, numa audição conjunta das comissões parlamentares de Assuntos Europeus e de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2017.

Essa, continuou, “é uma das condições, juntamente com a consolidação orçamental, para o relançamento do crescimento da economia em Portugal”.

Antes, o governante comentou estar “muito preocupado” com o crescimento da dívida portuguesa, em resposta ao deputado do PSD Manuel Rodrigues, que alertar para a revisão em alta da dívida e para a necessidade de controlar o excesso de endividamento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Santos Silva diz que consolidação da banca até ao fim do ano é “absolutamente essencial”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião