Tot e Tater perdoados por Obama

  • Ana Luísa Alves
  • 24 Novembro 2016

Obama perdoou os dois últimos perus do seu mandato, para mais um feriado de Ação de Graças. Para o ano será o seu sucessor, Donald Trump.

Barack Obama perdoou os dois últimos perus do seu mandato como presidente norte-americano, para o feriado de Ação de Graças, mais conhecido como “Thanksgiving”. A cerimónia aconteceu esta quarta-feira, na Casa Branca.

 

No vídeo, as duas crianças que estão com Obama são seus sobrinhos. No discurso, Obama agradeceu a confiança dos norte-americanos aos longo dos dois mandatos que levou a cabo, isto antes de perdoar os perus Tot e Tater.

Este ano, os dois perus salvos vão ficar a viver no “Gobblers Rest”, no Departamento de Ciências Animais e Aviárias da Universidade Virginia Tech. No total, Obama perdoou dois perus por cada ano de mandato, o que totaliza dezasseis, nos oito anos que esteve à frente dos EUA.

Barack Obama deixa a Casa Branca em janeiro. A tomada de posse do seu sucessor, Donald Trump, está prevista para o dia 20 de janeiro. Para o ano será Trump a perdoar os perus. Será o 12º a fazê-lo na história dos EUA.

Esta tradição cumpre-se no dia de Ação de Graças, em que milhões de norte-americanos juntam as famílias num jantar em que o prato principal é peru.

O primeiro feriado de Ação de Graças foi celebrado em 1620, mas só em 1863, o então presidente dos EUA, Abraham Lincoln, declarou que a quarta quinta-feira de novembro seria o Dia Nacional de Ação de Graças. Este dia é celebrado para agradecer às colheitas realizadas durante o ano, não só nos EUA, mas no também Canadá.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tot e Tater perdoados por Obama

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião