Santander Totta sobe lucros para 395 milhões em 2016

O resultado reflete o crescimento da margem financeira, das comissões e da margem comercial.

O Santander Totta registou lucros de 395,5 milhões no conjunto do ano passado, um aumento de 35,8% face a igual período do ano anterior.

A justificar a subida dos lucros está o “forte crescimento da margem financeira”, o crescimento das comissões e o aumento da margem comercial, refere o banco, em comunicado enviado às redações. A margem financeira subiu 31%, para 731 milhões de euros, enquanto as comissões avançaram 16,1% para os 305,7 milhões. Já a margem comercial totalizou 1.052 milhões de euros, um aumento homólogo de 27,9%.

Em sentido contrário estiveram os resultados da área seguradora, que recuaram 27,2% para os 10,3 milhões de euros. Ao mesmo tempo, os custos operacionais subiram quase 10%, para 523 milhões de euros. Este aumento dos custos deve-se à integração do Banif, no final de 2015.

Feitas as contas, o produto bancário (o equivalente às receitas) da instituição liderada por António Vieira Monteiro cresceu 6,4% em 2016, totalizando 1.196 milhões de euros.

O banco destaca ainda a “dinâmica” na concessão de novo crédito. Esta dinâmica não foi, contudo, suficiente para evitar a queda de 3% da carteira total de crédito, para um total de 33.113 milhões de euros. Esta queda foi motivada “pela venda de créditos em incumprimento que ocorreu ao longo do ano”, justifica o Santander Totta. Em 2016, o banco vendeu cerca de 690 milhões de euros de créditos em incumprimento, “no âmbito da sua regular gestão de carteiras de crédito não-produtivas”.

O rácio de crédito em risco fixou-se nos 5,62% no final de dezembro, uma melhoria de 0,81 pontos percentuais face a setembro de 2016. “O banco continua a manter um foco especial na gestão da carteira de crédito adquirida ao ex-Banif em termos de créditos com incumprimento, créditos reestruturados e créditos com outros sinais de imparidade que se incluem nos termos em que a [Autoridade Bancária Europeia] classifica um non-performing loan“, sublinha o Santander Totta.

Os depósitos, por seu lado, ascenderam a 27,7 mil milhões de euros, mais 6,4% do que no final de 2015. Isto “apesar da significativa redução das taxas de juro”, salienta o banco.

Notícia atualizada pela última vez às 12h47.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Santander Totta sobe lucros para 395 milhões em 2016

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião