PS: “Não descansam enquanto não matarem a CGD”

Carlos César, o presidente do PS, critica os partidos da oposição por causa da criação da nova comissão. Diz que tanto PSD como CDS "não descansam enquanto não matarem a CGD".

 

PSD e CDS vão avançar com uma nova comissão de inquérito sobre o envolvimento do ministro das Finanças, Mário Centeno, na polémica da Caixa Geral de Depósitos. Carlos César critica. Diz que o “essencial não é o SMS. É defender a CGD”. E diz que os partidos da oposição “não descansam enquanto não matarem a CGD”.

O “essencial não é o SMS. É defender a CGD”, disse o presidente do PS, em declarações à RTP3. O PSD entrou numa “guerra partidária desesperada. E o resultado disso é o enfraquecimento da CGD. Não descansam enquanto não matarem a CGD“, acusou Carlos César. “É um comportamento irresponsável”.

Carlos César mostrou, assim, a sua oposição relativamente à constituição de uma nova comissão de inquérito. Mas se “a constituição da comissão de inquérito responder a todos o requisitos, o PS não se opõem como não se pode opor”, salientou. Esta nova comissão não implica, contudo, que a atual acabe.

“Esta comissão deve continuar a trabalhar para produzir o seu relatório. É isso que deve ocorrer. Continuaremos a trabalhar até ao limite temporal no final de março, isto se o PSD e CDS não desistirem de saber o que queriam saber que era o que levou à recapitalização” do banco público, atirou o responsável.

(Notícia atualizada às 15h58 com mais declarações de Carlos César)

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS: “Não descansam enquanto não matarem a CGD”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião