Fillon indiciado por uso indevido de fundos públicos

  • Juliana Nogueira Santos
  • 14 Março 2017

François Fillon, candidato à presidência francesa, é indiciado pelo uso indevido de dinheiros públicos, um dia antes de se apresentar aos juízes de instrução.

O candidato republicano à presidência francesa, François Fillon, foi oficialmente indiciado pelo uso indevido de fundos públicos. A acusação foi entregue por um procurador parisiense, um dia antes de Fillon se apresentar aos juízes de instrução, de acordo com a informação avançada pela Bloomberg.

O escândalo em torna da sua candidatura surgiu quando o jornal satírico Le Canard Enchaîne alegou que a sua mulher Penelope Fillon teria sido remunerada por um emprego que não desempenhava no Parlamento e que o próprio terá criado um esquema ilegal para que isto fosse possível.

Foi o mesmo jornal que nesta terça-feira adiantou que a acusação se iria processar.

O Ministério Público abriu uma investigação aos pagamentos indevidos, que se estenderam não só aos dois, mas também aos seus filhos. As alegações subiram de tom com o montante da remuneração a aumentar cada vez mais. O último golpe na reputação de Fillon deu-se quando se descobriu que o candidato presidencial obteve honorários através de uma sociedade de advogados entre 2002 e 2015, época em que era deputado e primeiro-ministro.

François Fillon negou todas as acusações de que foi alvo e recusou-se a desistir da candidatura para o Eliseu. Ainda assim, tem estado consecutivamente a perder terreno em relação aos seus oponentes Emmanuel Macron e Marine Le Pen.

Ainda não houve quaisquer comentários da parte dos advogados ou da porta-voz do republicano.

(Notícia atualizada às 15h28 com mais informações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fillon indiciado por uso indevido de fundos públicos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião