The Journey: Conheça o novo acelerador só para turismo

Turismo de Portugal junta-se a parceiros como Airbnb, Nos e grupo Pestana para lançar um novo programa de aceleração, o primeiro em Portugal totalmente dedicado a startups de turismo.

É único na sua espécie. O Turismo de Portugal acaba de lançar o The Journey, um novo programa de aceleração de startups exclusivamente ligadas à área do turismo. O programa, único a nível nacional, resulta de uma parceria entre o Turismo de Portugal, Agência Abreu, Amadeus, Barraqueiro, Nos e grupo Pestana, e é promovido com a organização da Beta-i.

Numa altura em que se estima que o setor do turismo cresça 4% por ano nos próximos 10 anos, e que se estima que, em 2027, Portugal possa registar 80 milhões de dormidas, o programa de aceleração tem como objetivo otimizar ideias relacionadas com a experiência no destino, operações e ligadas ao turismo sustentável.

As candidaturas ao programa de estreia decorrem até 7 de maio. Depois de escolhidas as 25 equipas favoritas, o programa arranca com um bootcamp de uma semana, entre 26 e 30 de junho, de onde sairão 15 startups para a fase de aceleração. Nove semanas depois, com início a 11 de setembro e fim a 3 de novembro, as ideias desenvolvidas serão apresentadas no demo day, para apresentação dos pilotos.

“No ano passado, o país recebeu 53,5 milhões de dormidas, um novo recorde histórico para o setor, que representa um crescimento superior a 10%. Mas, para manter este crescimento de forma sustentada, é preciso também alavancar em inovação“, justifica Pedro Rocha Vieira, CEO da Beta-i, em comunicado.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

The Journey: Conheça o novo acelerador só para turismo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião