Óculos do Snapchat chegam à Europa ?

A dona da rede social Snapchat vai trazer os Spectacles para a Europa. A empresa vai instalar cinco máquinas de vending, em Londres, Paris, Berlim, Barcelona e Veneza, disponibilizado pela primeira vez o produto fora dos Estados Unidos. Os Spectacles são óculos de sol com uma câmara incorporada, capazes de gravar vídeo em primeira pessoa e de o enviar diretamente para a aplicação. Vão custar 150 euros na Europa continental e 130 libras no Reino Unido.

A Snap Inc. não é uma empresa convencional. Nunca foi. Aliás, quando o jovem Evan Spiegel andou a apregoar aos investidores antes da oferta pública inicial de março, um pormenor poderá ter surpreendido muita gente: durante o roadshow, e mesmo nos documentos que a empresa submeteu ao regulador da bolsa, a Snap Inc. definia-se como uma camera companyuma empresa que faz câmaras. A explicação está, é claro, nos Spectacles, e no facto de o Snapchat ser uma app que abre diretamente na câmara dos telemóveis.

O próprio método de venda dos Spectacles é pouco ortodoxo. A empresa instala as máquinas de vending, conhecidas por “snapbots”, em localizações não anunciadas. Para as encontrar, os fãs têm de se manter atentos à conta oficial do produto no Twitter, onde a empresa tira uma fotografia à máquina e os utilizadores dirigem-se até ela se reconhecerem o local.

O produto foi um sucesso de vendas nos Estados Unidos no final do ano passado, havendo relatos de pessoas que ficaram mais de cinco horas na fila para conseguirem uma unidade, e outras que esperaram muito tempo para encontrarem o produto esgotado no final. Isso levou a que muita gente aproveitasse as oportunidades para adquirir mais do que uma unidade, fazendo disparar a procura.

Ainda assim, os Spectacles ainda não foram espetaculares ao ponto de pôr as contas da empresa no verde. A Snap Inc., que entrou na bolsa em março, apresentou contas no mês passado, nomeadamente o facto de ter perdido 2,2 mil milhões de dólares no primeiro trimestre do ano. Embora a empresa não discrimine quantos óculos vendeu, sabe-se que terá gerado perto de 8,3 milhões de dólares em receitas entre janeiro e março, face aos 4,5 milhões entre setembro e dezembro de 2016.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Óculos do Snapchat chegam à Europa ?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião