Proprietário chinês da Volvo vai comprar construtor automóvel da Malásia

  • Lusa
  • 23 Junho 2017

Acordo cria uma plataforma de expansão no Sudeste Asiático.

O proprietário chinês dos automóveis suecos Volvo anunciou esta sexta-feira ter assinado o contrato final para comprar uma participação no construtor automóvel malaio Proton, obtendo uma plataforma de expansão no Sudeste Asiático.

No anúncio, o grupo Geely Holding não acrescentou pormenores financeiros.

Em maio, a companhia tinha chegado a acordo para comprar 49,9% da Proton e 51% da marca britânica de carros desportivos Lotus, propriedade do construtor malaio.

A Proton foi fundada em 1983 pelo governo da Malásia para criar uma marca doméstica de veículos e tem uma rede de distribuição em todo o Sudeste Asiático.

As vendas diminuíram devido à concorrência crescente e modelos considerados de baixa qualidade.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Proprietário chinês da Volvo vai comprar construtor automóvel da Malásia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião