Nova associa-se à Academia Internacional de Empreendedorismo

  • ECO + Santander Totta
  • 31 Julho 2017

A European Innovation Academy junta os melhores líderes de empreendedorismo e gestão, mentores e estudantes de universidades de 40 países para um curso de três semanas sobre empreendedores.

A Universidade Nova juntou-se à European Innovation Academy que começou em Cascais a 16 de julho e termina a 4 de agosto. Os mais de 250 alunos de todo o mundo que fazem parte da Academia pretendem adquirir experiência prática para passar de uma ideia à constituição de uma equipa, percorrendo as várias fases de desenvolvimento do produto. Os alunos vão ter a oportunidade de ouvir oradores de algumas das empresas líderes de Silicon Valley e da Europa, como a Google, Amazon e Daimler. A Academia conta também com a presença de universidades de prestígio como Standford, Carnegie Menlon e UC Berkeley.

A Academia vai ainda mostrar o empenho da Universidade Nova em transformar Lisboa num Ecossistema Empreendedor que seja atrativo para todo o mundo, bem como em fazer parcerias com as melhores empresas de tecnologia digital e de ensino empresarial. Esta colaboração, troca de ideias e conhecimento prolonga-se pelos próximos cinco anos. As experiências vividas na Academia vão fortalecer os programas de Empreendedorismo que já existem na Universidade Nova.

A universidade assegurou 15 bolsas de estudo para os nossos alunos participarem na Academia, sendo que há cerca de 60 alunos portugueses na European Innovation Academy de Cascais.

“A academia é única, não apenas pela excelência do conhecimento dos oradores vindos de todo o mundo, como pelas três semanas de uma experiência internacional e intensa, que muda a vida dos alunos. O meu objetivo é manter os alunos motivados, ajudá-los a desenvolver uma mentalidade de crescimento e uma forte capacidade de liderança. É muito bom ver que Lisboa é o sítio para onde os melhores do mundo querem ir”, afirma Aneesh Zutshi, professor de Empreendedorismo na FCT/UNL e instrutor na EIA.

Já Pedro Ferreira, fundador da startup EGGY da UNL e mentor de Tecnologia de Informações na Academia, acredita que “é muito enriquecedor poder partilhar as competências técnicas e guiar alunos de todos os cantos do mundo. Não há nada mais gratificante que partilhar conhecimentos para que futuras empresas possam ter muito sucesso”.

O Programa oferece ainda a possibilidade aos alunos e staff da Nova de se juntarem e conectarem com peritos internacionais, ao mesmo tempo que se transforma num centro de educação global.

Artigo desenvolvido por António Grilo, Aneesh Zutshi & Pedro Ferreira

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Nova associa-se à Academia Internacional de Empreendedorismo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião