Barcelona recebeu 222 milhões de Neymar, mas leva caso à UEFA

  • Lusa
  • 3 Agosto 2017

O clube catalão quer "apurar as responsabilidades disciplinares que possam derivar deste caso".

O FC Barcelona confirmou que os representantes de Neymar pagaram, esta quinta-feira, os 222 milhões de euros da cláusula de rescisão. Ainda assim, o clube catalão decidiu que vai levar à UEFA a transferência do futebolista para o Paris Saint-Germain.

“Esta tarde, representantes legais de Neymar Jr. estiveram nas instalações do clube e pagaram, em nome do jogador, os 222 milhões de euros relativos à indemnização pela rescisão unilateral e sem justa causa do contrato que unia ambas as partes”, lê-se num comunicado do FC Barcelona.

O clube de Barcelona diz que “enviará à UEFA os detalhes desta operação para que possam apurar as responsabilidades disciplinares que possam derivar deste caso”.

A liga espanhola de futebol tinha recusado o depósito de 222 milhões de euros referente à transferência do avançado brasileiro do FC Barcelona para o Paris Saint-Germain, alegando que o clube francês não cumpria os pressupostos financeiros da UEFA.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Barcelona recebeu 222 milhões de Neymar, mas leva caso à UEFA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião