CIP pede IRC nos 19%. Estado deve mil milhões às empresas

  • ECO
  • 2 Setembro 2017

Os patrões querem que o IRC baixe dos atuais 21% para os 19%. O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, vai fazer essa proposta ao Governo para o OE2018.

António Saraiva quer que as empresas paguem menos imposto e que o Estado pague as suas dívidas aos empresários. Segundo o presidente da confederação patronal, entrevistado este sábado pelo Expresso, a dívida estará já nos mil milhões de euros. Se essas duas propostas fossem incluídas no Orçamento do Estado para 2018, muitos dos problemas das empresas ficariam resolvidos, garante.

“De todas as medidas destacaria a previsibilidade fiscal”, afirma o presidente da CIP, referindo que Portugal não pode continuar a ter, “ano após ano, um quadro fiscal diferente”. “Isto é ruinoso para o investimento, seja nacional seja estrangeiro“, classifica. Mas há uma mudança fiscal que quer: uma melhoria da carga fiscal para as empresas através da redução do IRC dos 21% para os 19%.

Quanto à dívida, António Saraiva diz que esta “aumentou significativamente”, nos últimos oito a nove meses, “sobretudo no setor da saúde”. “Bastava que o Estado pagasse o que deve à economia e muitos dos problemas estariam resolvidos”, defende.

Isto porque, segundo o presidente da CIP, “o atraso nos prazos contratualizados gerou muitos problemas de tesouraria, levando ao incumprimento por parte de muitas empresas”.

Ainda assim, os patrões dizem estar surpreendidos “pela positiva” com a evolução da economia. “Os indicadores macroeconómicos são espetaculares“, classifica, referindo que “o que nos deve preocupar é a sustentabilidade desse crescimento”.

Na análise de António Saraiva o crescimento tem “gozado de um conjunto de fatores externos muito favoráveis”. “Temos de atuar sobretudo nos fatores internos, no aumento do investimento e na continuação do aumento das exportações”, assinalou.

Comentários ({{ total }})

CIP pede IRC nos 19%. Estado deve mil milhões às empresas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião