Conferência Start Tech | Empreendedorismo e tecnologia

  • ECO
  • 15 Setembro 2017

O ECO, através desta iniciativa, pretende explorar como é que tem evoluído o mundo das startups em Portugal e como é que tecnologia é um fator crítico de sucesso.

O universo das startups tem crescido a um ritmo alucinante nos últimos anos. São comuns as notícias sobre o surgimento de novas incubadoras. Regularmente ouvimos falar de novas startups com negócios inovadores, de startups que têm crescimentos exponenciais e que revelam capacidade para levantar fundos significativos a nível internacional.

As startups tecnológicas ocupam um espaço privilegiado neste universo. Em Portugal, são inúmeros os exemplos de casos de empresas que, tendo base a inovação tecnológica, se afirmam rapidamente a nível global.

Neste contexto, importa dissecar algumas questões que se colocam à nova comunidade de empresas techie:

  • Como irá evoluir o mundo das startups tecnológicas?
  • O que deve ser feito no curto prazo para afirmar Portugal (Lisboa?)
  • Como construir um hub de startups tecnológicas?
  • Qual o impacto real (muito para além das contribuições diretas) têm estas empresas na economia portuguesa, no seu nível e qualificação de emprego, nas cadeias de valor de setores-chave?

Detalhes

  • O que: ECOnferência Start Tech
  • Temas: Empreendedorismo e tecnologia
  • Quando: Dia 22 de Setembro entre as 09h00 e as 13h00
  • Onde: Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa em Lisboa
  • Inscrições gratuitas aqui
  • Assistir Online: Registe-se e receba um lembrete no início da conferência

A agenda da conferência:

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Conferência Start Tech | Empreendedorismo e tecnologia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião