José de Mello Saúde fecha empréstimo obrigacionista no valor de 50 milhões de euros

  • Lusa
  • 22 Setembro 2017

O valor da emissão será usado para refinanciar a atividade corrente e fazer face a novas oportunidades de investimento, bem como alargar a maturidade média da sua dívida, diz o grupo.

O grupo José de Mello Saúde fechou um empréstimo obrigacionista no valor de 50 milhões de euros, pelo prazo de seis anos, com taxa de juro fixa de 4%, anunciou hoje ao mercado.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o grupo avança que “a emissão foi colocada junto de investidores institucionais” e acrescenta que “será solicitada a admissão à negociação das obrigações nos mercados regulamentados Euronext Lisbon e Luxembourg Stcok Exchange”. Os bancos Financia e Santander Totta serão os principais dirigentes da emissão.

“Com este empréstimo obrigacionista a José de Mello Saúde pretende refinanciar a atividade corrente e fazer face a novas oportunidades de investimento, bem como alargar a maturidade média da sua dívida”, lê-se no comunicado enviado à CMVM.

A José de Mello Saúde é o grupo privado dono dos hospitais CUF.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

José de Mello Saúde fecha empréstimo obrigacionista no valor de 50 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião