Oito anos depois, Montepio volta ao mercado de dívida

  • ECO
  • 9 Outubro 2017

Operação superou em 250 milhões de euros a emissão prevista. Montepio vendeu obrigações hipotecárias e diz que sucesso "reflete a confiança dos investidores no Plano Estratégico 2016-18".

Oito anos depois, o Montepio Geral volta ao mercado de dívida. Na operação desta segunda-feira, a procura acabou por superar a oferta em cinco vezes. O banco optou por aumentar em 250 milhões de euros a emissão prevista (de 500 milhões de euros para 750 milhões de euros).

De acordo com o comunicado publicado na CMVM, o Montepio colocou com sucesso uma emissão de obrigações hipotecárias, que mereceu da Moody’s, Fitch e DBRS um rating de A3/A/A, respetivamente. A operação foi liderada pela JP Morgan, NatWest Markets e Unicredit e teve uma maturidade de cinco anos. A referência inicial de pricing ficou-se pelo 75 bps e foi, mais tarde, revista para os 65 bps.

A emissão desta segunda-feira faz parte do Programa de Emissão de Obrigações Hipotecárias aprovado e registado pelo Banco Central da Irlanda. O seu sucesso reflete, avança o comunicado, “a confiança dos investidores na execução do Plano Estratégico 2016-2018″.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Oito anos depois, Montepio volta ao mercado de dívida

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião