Maior grupo industrial da Catalunha poderá estar de saída da região

  • ECO
  • 23 Outubro 2017

A Celsa tem vindo a planear a saída da sede principal da empresa da Catalunha junto dos seus advogados.

A perda de empresas da Catalunha continua a marcar a atualidade da economia da comunidade. Desta vez poderá estar em causa a saída da Celsa, a metalúrgica considerada o maior grupo industrial da região. A notícia é avançada pelo El Confidencial esta segunda-feira.

A família Rubiralta, detentora do grupo industrial, tem vindo a analisar nas últimas semana a mudança da sede social da Barna Steel, a empresa chave de toda a holding. Segundo o jornal, Francesc Rubiralta já iniciou as formalidades para a alteração da sede da empresa principal do grupo para que tudo decorra dentro da normalidade, caso a Catalunha rompa relações com Madrid.

A Celsa emprega 9.000 empregados em todo o mundo, e 70% das vendas da Barna Steel são feitas no estrangeiro. Neste sentido, a empresa pretende um marco jurídico estável.

O grupo industrial está um passo mais próximo de se juntar a grandes nomes como o CaixaBank, o Sabadell, a Abertis, entre outras, num total de mais de 1.300 empresas que já abandonaram a Catalunha. As perdas já ascendem a mais de 50% do PIB da comunidade.

Comentários ({{ total }})

Maior grupo industrial da Catalunha poderá estar de saída da região

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião