Portugal procura 1.250 milhões em obrigações a dez anos na próxima quarta-feira

O Tesouro português regressa ao mercado na próxima quarta-feira para emitir dívida de longo prazo. Pretende ir buscar até 1.250 milhões em obrigações do Tesouro a dez anos.

Portugal regressa aos mercados na próxima quarta-feira para emitir dívida de longo prazo. O Tesouro pretende angariar entre mil milhões e 1.250 milhões de euros em obrigações do Tesouro a dez anos, informa o IGCP.

“O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 8 de novembro pelas 10:30 horas um leilão da OT com maturidade em 14 de abril de 2027, com um montante indicativo entre 1.000 milhões de euros e 1250 milhões de euros“, diz o comunicado enviado às redações pela entidade liderada por Cristina Casalinho.

Esta ida ao mercado do Tesouro português decorre num período marcado pela descida das yields da dívida soberana nacional. No caso da taxa de juro a dez anos esta encontra-se atualmente nos 2,09%. Ou seja em mínimos de abril de 2015. Isto acontece depois de a Standard & Poor’s ter colocado a 15 de setembro a dívida soberana nacional com a classificação de grau de investimento, tendo na ocasião surpreendido o mercado com a decisão. A partir dessa altura, as yields da dívida portuguesa intensificaram o rumo descendente que se vinha a observar.

A última vez que Portugal emitiu dívida a dez anos foi a 11 de outubro, tendo na ocasião colocado 750 milhões de euros a uma taxa de juro média de 2,327%. Essa foi a primeira vez que Portugal foi ao mercado para emitir dívida após a retirada da dívida portuguesa da classificação de “lixo”, tendo conseguido financiar-se à taxa mais baixa desde 2015.

O leilão da próxima quarta-feira acontece depois de o Governo ter apresentado o Orçamento do Estado para 2018, que está a ser discutido atualmente na Assembleia da República. Mas também depois de a DBRS se pronunciar sobre a dívida nacional, o que está agendado para esta sexta-feira.

(Notícia atualizada com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Portugal procura 1.250 milhões em obrigações a dez anos na próxima quarta-feira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião