Trabalhadores e Autoeuropa chegam a pré-acordo sobre horários de trabalho

  • Lusa
  • 20 Novembro 2017

Os trabalhadores da Autoeuropa chegaram a um acordo com a empresa sobre os horários de trabalho. Os funcionários vão rodar por três turnos, de forma semanal.

A Comissão de Trabalhadores e a administração da Autoeuropa chegaram esta segunda-feira a um pré-acordo sobre os horários de trabalho, que deverá ser sufragado pelos trabalhadores durante a próxima semana, disse hoje à agência Lusa fonte das negociações.

Segundo avançou à Lusa Fernando Gonçalves, coordenador da Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa, o acordo prevê a implementação de dois tipos de horários distintos: um que irá vigorar de fevereiro a julho do próximo ano e outro que já inclui a laboração contínua da fábrica de automóveis de Palmela depois do habitual período de férias dos trabalhadores (em agosto).

O representante dos trabalhadores explicou que os funcionários vão rodar pelos três turnos (manhã, tarde e noite) semanalmente, em vez de permanecerem várias semanas em cada um destes turnos, conforme pretendia inicialmente a administração da Autoeuropa.

Fernando Gonçalves disse ainda que o acordo assinado hoje com a Autoeuropa foi subscrito pelos 11 elementos das diferentes listas que concorreram ao último ato eleitoral e que têm representantes na atual Comissão de Trabalhadores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trabalhadores e Autoeuropa chegam a pré-acordo sobre horários de trabalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião