Rui Rio recebe 1.500 euros mensais da Ordem dos Contabilistas para ser vice da Assembleia Geral

  • ECO
  • 14 Dezembro 2017

Rui Rio, candidato à liderança do PSD, tem um vencimento mensal da Ordem dos Contabilistas para ser vice-presidente da Assembleia Geral. É caso único, avança o Observador.

Rui Rio, candidato à presidência do PSD, tem um vencimento mensal de 1.500 euros brutos da Ordem dos Contabilistas Certificados, como vice-presidente da Assembleia Geral, revelou esta quinta-feira o Observador. O caso é único entre as Ordens e até entre as grandes empresas cotadas, diz o jornal. Por exemplo, o presidente da mesa da Assembleia Geral da Galp recebe três mil euros, mas por ano.

O jornal digital conta que nos últimos dois anos Rui Rio conduziu cinco reuniões da Ordem. Contactado, o ex-presidente da Câmara do Porto confirmou que recebe mensalmente 960 euros líquidos da Ordem desde que deixou a autarquia, bem como a compensação pela perda de pensões políticas.

Fonte oficial da candidatura de Rio lembrou que o social-democrata “exerceu este lugar a título completamente gratuito durante oito anos”, mas que passou a ter um vencimento mensal quando deixou a liderança da Câmara do Porto. “Não via razão para continuar a não receber”, disse.

Também Manuel Delgado, eurodeputado do PS, tem vencimento mensal: recebe dois mil euros brutos como presidente da Assembleia Geral. “Não é um valor elevado”, reagiu, ao Observador.

A revisão dos salários pagos pela Ordem — que atingem os 10 mil euros no caso de bastonário, embora a atual bastonária interina tenha optado por manter o salário de vice-presidente — é um dos pontos que tem animado a campanha para as eleições internas.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Rui Rio recebe 1.500 euros mensais da Ordem dos Contabilistas para ser vice da Assembleia Geral

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião