Wall Street começa semana em alta à boleia da reforma fiscal

Os republicanos estão confiantes de que irão conseguir aprovar, definitiva, a reforma fiscal de Trump. As grandes empresas continuam a somar recordes em bolsa à boleia desta expectativa.

As bolsas norte-americanas arrancaram esta semana no verde, depois de terem registado recordes no final da semana passada. A animar os investidores está a expectativa de que os republicanos consigam novos avanços, esta semana, para implementar a reforma fiscal da Administração Trump.

O índice de referência S&P 500 abriu a subir 0,5%, para os 2.690,45 pontos. Já o tecnológico Nasdaq está a valorizar 0,57%, para os 6.9756,16 pontos, enquanto o industrial Dow Jones soma 0,55%, para os 2.4786,43 pontos.

Esta evolução acontece depois de, este fim de semana, o secretário de Estado do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, ter garantido que não tem dúvidas de que a reforma fiscal vai ser definitivamente aprovada ainda esta semana, no Congresso norte-americano. A acontecer, as grandes beneficiadas serão as maiores empresas do país, como petrolíferas, companhias aéreas e bancos, que vão ver os impostos sobre os lucros cair de 35% para 21%.

“Isto representa boas notícias não só para estas empresas mas, também, para que as cotações bolsistas, atualmente alta, pareçam mais realistas”, considera um analista da FXTM, citado pelo Marketwatch.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Wall Street começa semana em alta à boleia da reforma fiscal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião