Há bilhetes da Eurovisão à venda por mil euros

  • ECO
  • 22 Dezembro 2017

São já muitos os que estão a usar as plataformas de venda ilegal para pedir mais de 1.000 euros por um bilhete. A ASAE afirma que as autoridades nacionas não podem atuar diretamente.

Portugal receberá, em 2018, mais uma edição do festival da Eurovisão. Mas com os bilhetes a esgotarem assim que são postos à venda nos postos oficiais, são já muitos os que estão a usar as plataformas de venda ilegal para pedir mais de 1.000 euros por um bilhete.

O valor é apontado esta manhã de sexta-feira pelo Correio da Manhã (acesso pago), que afirma que nas plataformas de revenda online os preços chegam a ser superiores a mil euros. Questionada pelo diário, e à luz das leis da especulação, a ASAE afirmou “que as autoridade nacionais não podem atuar diretamente”, visto que “os domínios destes sites não estão alojados em Portugal”.

Oficialmente, os bilhetes estão a ser vendidos pela Blueticket a preços que variam entre os 20 e os 200 euros. Tanto a plataforma como a RTP alertam para o facto de alguns destes bilhetes possam ser falsos, afirmando que “os detentores de bilhetes válidos não poderão aceder ao evento”.

O festival da Eurovisão vai realizar-se no Altice Arena, a 12 de maio de 2018. Espera-se que atraia mais de 30 mil pessoas à capital portuguesa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há bilhetes da Eurovisão à venda por mil euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião