Antiga casa de Mark Zuckerberg é agora um retiro para empreendedores

Casa que outrora foi alugada por Mark Zuckerberg e os seus colegas para criar o Facebook é hoje ocupada por estudantes, acabando por funcionar como um retiro para empreendedores.

A ideia de criar uma rede social chamada Facebook surgiu enquanto Mark Zuckerberg era estudante universitário. Entretanto, mudou-se no verão de 2004 para uma casa na Califórnia, juntamente com outros quatro colegas, para dar início ao projeto daquela que viria a ser das maiores empresas do mundo. Hoje, a casa onde nasceu o Facebook é um retiro para jovens empreendedores e empresários, que sonham seguir as pisadas de Zuckerberg.

Mark Zuckerberg frequentava o curso de Engenharia Informática na Universidade de Harvard, em Boston, quando teve a ideia de criar uma rede social juntamente com os colegas de quarto. Não tardou até trocar a faculdade por Palo Alto, uma casa que alugou para começar a desenvolver o projeto que, mais tarde, viria a tornar-se na rede social mais usada do mundo — o Facebook.

Durante os primeiros dias, a equipa de estudantes viveu e trabalhou nessa casa até ao dia em que se mudou para os atuais escritórios da empresa, a uma curta distância, no Menlo Park. Hoje, a casa de Palo Alto é um retiro para jovens empreendedores e empresários que ambicionam os mesmos caminhos e têm a oportunidade de aqui viver durante um ano. O Business Insider (conteúdo em inglês) visitou a famosa mansão para ver por dentro o que mais ninguém conseguiu ver.

A “Casa do Facebook” está localizada num bairro em Palo Alto, na Califórnia, a cerca de 50 quilómetros a sul de São Francisco. Todos os anos recebe alunos da Stanford Graduate School of Business, que lá ficam alojados por um período de um ano, até voltarem a entrar mais residentes. A maioria dos alunos sonha em viver na casa que Zuckerberg partilhou com os seus colegas na altura. “Eu nem olhei para a casa em si. Quando me disseram que era a casa do Facebook, eu estava disposto a pagar o preço que fosse para lá morar“, disse Shalva Daushvili, um dos atuais residentes, ao Business Insider.

Normalmente, os períodos de arrendamento arrancam em junho, podendo terminar em setembro. Isto porque várias startups aproveitam o verão para começarem os seus projetos, altura em que a casa se transforma num verdadeiro centro de empreendimento de curto prazo. “É uma tradição. No verão há muitas startups que vêm para cá apenas pela energia da casa“, contou Daushvili.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Antiga casa de Mark Zuckerberg é agora um retiro para empreendedores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião