Maioria dos funcionários públicos não vai ter aumento já em janeiro

  • ECO
  • 19 Janeiro 2018

O Governo não diz que ninguém receberá, mas também não é capaz de indicar qualquer organismo onde se esperam aumentos por via das progressões já este mês.

Os funcionários públicos começam a receber esta sexta-feira, mas não deverão ver já o salário subir através das progressões na carreira. Já esta semana tinha sido noticiado que há serviços que não vão conseguir processar o acréscimo salarial em janeiro, porém, esta quinta-feira a capa do Jornal de Negócios diz mesmo que esta será a situação da maioria.

De acordo com o Negócios, o Governo não diz que ninguém receberá, mas também não é capaz de indicar qualquer organismo onde se esperam valorizações remuneratórias. O jornal enviou questões aos vários ministérios mas o processo foi centralizado pelas Finanças, que respondeu o mesmo que já tinha afirmado na sexta-feira: os serviços têm realidades muito diversas em termos de número de efetivos, procedimentos e sistemas de processamento salarial, o que pode originar, na administração pública, momentos distintos do primeiro processamento que incorpore as valorizações remuneratórias, inclusive pela necessidade de ajustamento dos sistemas informáticos de processamento salarial”.

Nesse sentido, o Público já tinha noticiado, no sábado, que nem todos receberiam o aumento este mês. O Jornal de Negócios acrescenta que os atrasos parecem ser generalizados e que, a haver aumentos, será para poucos. E diz ainda que a ausência de respostas parece resultar da inexistência de uma base de dados centralizada sobre salários e progressões nas Finanças e na maior parte dos Ministérios.

Por outro lado, sendo os salários processados na primeira semana do mês, é quase impossível os serviços integrarem já o aumento das progressões. É preciso esperar por fevereiro e março, mas a subida será paga com retroativos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Maioria dos funcionários públicos não vai ter aumento já em janeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião