PCP alerta para “retoma formal ou informal do chamado bloco central”

  • Margarida Peixoto
  • 21 Janeiro 2018

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, alertou para a possibilidade de um regresso ao entendimento entre PS e PSD. O aviso chega depois dos apelos ao consenso por parte do Presidente.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, alertou este domingo para o potencial regresso dos entendimentos entre o PS e o PSD. O aviso foi deixado depois dos apelos ao consenso feitos pelo Presidente da República, e da disponibilidade frisada pelo presidente do PS, Carlos César, para a consensualização com todos os partidos nos temas da transparência e da descentralização.

“O comité central do PCP alerta para (…) a retoma formal ou informal do chamado bloco central”, disse este domingo Jerónimo de Sousa.

O líder dos comunistas fez questão de frisar que “os avanços” conseguidos com o atual Governo socialista tiveram um impulso “decisivo” do PCP, até porque “noutras circunstâncias” o Governo de Costa não os teria adotado, “como aliás nunca adotou”.

Jerónimo de Sousa disse ainda que o PCP “não desperdiçará nenhuma oportunidade para contribuir” para a melhoria de vida das populações e para “impedir uma política de direita, seja pelo PSD e CDS, seja pelo PS sozinho, ou não”.

Este sábado a Plataforma para o Crescimento Sustentável, um think tank presidido pelo ex-ministro social-democrata Jorge Moreira da Silva, apresentou um manifesto para reformar o Estado que pretendia lançar “um grito de alerta” para a necessidade de estabelecer consensos em áreas chave. Rui Rio, que ganhou a liderança do PSD, tem-se mostrado disponível para chegar a entendimentos com o PS e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, tem feito sistematicamente esse apelo.

Comentários ({{ total }})

PCP alerta para “retoma formal ou informal do chamado bloco central”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião