Lucros da Brisa disparam 48,4% para 136 milhões de euros

Os lucros da Brisa cresceram 48,4% face ao ano de 2016, atingindo os 136 milhões de euros. A empresa arrecadou mais de 550 milhões com as receitas vindas das portagens.

Os lucros da Brisa Concessão Rodoviária (BCR) dispararam para os 136,1 milhões de euros em 2017, representando um crescimento de 48,4% face ao ano de 2016, de acordo com os resultados comunicados pela empresa esta quinta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O tráfego contribuiu para este desempenho, crescendo 7,1% face ao período homólogo.

A contribuir para o aumento dos lucros da Brisa estiveram as receitas geradas com as portagens, que cresceram 8,1% face ao período homólogo para os 557,2 milhões de euros, “sustentadas pelo acréscimo no tráfego e pela atualização das taxas de portagem em 0,84%”, lê-se no relatório. De acordo com a empresa, o “ambiente macroeconómico favorável” que se registou o ano passado, contribuiu para a “continuação do crescimento sustentado do tráfego em toda a rede da concessão BCR“. O Tráfego Médio Diário (TMD) da Brisa alcançou os 19.847 veículos, representando um crescimento homólogo de 7,1%.

Os custos operacionais da empresa ascenderam a 129,6 milhões de euros, crescendo 3,1%, resultado do “significativo aumento da atividade que se tem vindo a registar”, diz a concessionária do grupo de Vasco de Mello. Os custos com o pessoal totalizaram 1,7 milhões de euros, terminando o ano passado com 11 colaboradores, menos três do que em 2016.

O EBITDA calculado foi de 441,1 milhões de euros em 2017, o que significa um aumento de 9,8% face ao período homólogo. A contribuir para este desempenho esteve “o forte crescimento registado ao nível dos proveitos operacionais, aliado a um controlo das rubricas de custos”. Quanto aos resultados financeiros da empresa, estes fixaram-se nos 81,7 milhões de euros negativos, melhorando 22,7 milhões face ao período anterior.

A 31 de dezembro do ano passado, a dívida bruta contabilística da Brisa totalizava 2.419,2 milhões de euros, crescendo 218,2 milhões face ao final do ano de 2016.

Comentários ({{ total }})

Lucros da Brisa disparam 48,4% para 136 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião