Rio e Costa querem fechar acordos até ao verão

  • ECO
  • 24 Fevereiro 2018

Os principais temas em que PSD e Governo querem acertar agulhas são a descentralização e o plano para o quadro comunitário pós-2020, mas a Justiça ou a Segurança Social também estão em cima da mesa.

Na próxima terça-feira, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas Pedro Marques vai encontrar-se com uma delegação do PSD, liderada pelo ex-secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Manuel Castro Almeida, naquela que é a primeira de várias reuniões com o objetivo de encontrar consensos entre o PSD e o Governo, segundo escreve este sábado o semanário Expresso.

Até ao verão, o PSD de Rui Rio pretende ter dois acordos fechados com o Governo, um deles sobre a preparação do quadro comunitário pós-2020, assim como a reprogramação do quadro de fundos da UE Portugal 2020, e outro sobre a descentralização. No segundo tema, Álvaro Amado já é o escolhido do PSD para reunir com Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna.

Na semana passada, António Costa reuniu com o novo líder dos social-democratas para falar sobre entendimentos possíveis até ao verão. Apesar do prazo apertado para a negociação, os dois dirigentes partidários pareceram entender-se bem, tendo classificado o encontro como “muito construtivo”. Segundo escreve o Expresso, na sua reunião de duas horas e meia Costa e Rio falaram de fundos europeus, descentralização, e também de Justiça e Segurança Social.

Costa, porém, deixou uma coisa clara: acordos com o PSD não servirão para pôr em causa o acordo parlamentar de esquerda. “Não há nenhuma razão para mudar nada”, sublinhou o primeiro-ministro. Sobre certos temas, assinalou, “é desejável que não se limite a haver um acordo entre os partidos da maioria, mas que possa ser alargado a outras forças políticas, designadamente ao PSD”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Rio e Costa querem fechar acordos até ao verão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião