El Corte Inglés quer parcerias europeias para competir com Amazon e Alibaba no online

A cadeia espanhola pretende criar uma plataforma europeia através de parcerias com vários distribuidores, para fazer face à concorrência da Amazon e do Alibaba.

O El Corte Inglés está decidido a apostar no comércio online, através de parcerias com vários distribuidores europeus, para conseguir competir com as grandes plataformas como a Amazon ou o Alibaba. A notícia foi adiantada esta quinta-feira pelo próprio presidente da cadeia espanhola, que defende a necessidade de “encontrar novas oportunidades de negócio para além das nossas fronteiras”.

“Há que promover e participar em possíveis alianças entre distribuidores convencionais e tecnológicos e criar uma plataforma europeia para competir com os grandes rivais online“, disse Dimas Gimeno, presidente do El Corte Inglés.

“Há que encontrar novas oportunidades de negócio além das nossas fronteiras. Há que procurar soluções comuns em vez de gastar quantidades enormes de dinheiro em novas lojas físicas e fazê-lo de forma conjunta, porque este é um desafio gigante e temos de iniciar negociações para tal”, acrescentou, citado pelo jornal La Vanguardia (conteúdo em espanhol).

Dimas Gimeno sublinhou ainda que: “São necessárias regras homogéneas para que todos possamos competir nas mesmas condições. Atualmente não existem, as leis espanholas para o comércio são do século XX e não do século XXI”. Desta forma, propõe criar um “marco normativo europeu que implante, pelo menos, a igualdade fiscal”. Ainda assim, admitiu que a Amazon é uma empresa “espetacular” e que o El Corte Inglés tem muito para aprender com ela.

Comentários ({{ total }})

El Corte Inglés quer parcerias europeias para competir com Amazon e Alibaba no online

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião