A manhã num minuto

Não sabe o que se passou durante a manhã? Fizemos um vídeo que reúne as notícias mais relevantes, em apenas um minuto.

Só a renegociação da dívida resolve estruturalmente o problema que Portugal tem, defende em entrevista ao ECO o líder parlamentar do PCP, João Oliveira. O primeiro-ministro, António Costa, considera extemporâneo colocar agora a questão sobre aumentos da Função Pública em 2019. E garante que no próximo ano continuará a política de descongelamento das carreiras.

O PCP está convencido que se voltarmos a ter uma crise como a de 2008 dificilmente a conseguiremos ultrapassar sem fazer o mesmo que no passado. Porque, defende o líder parlamentar do PCP, João Oliveira, o problema que temos só se resolve estruturalmente se existir uma reestruturação da dívida. Uma nova crise demonstrará que este caminho não resolve o problema.

O primeiro-ministro considerou extemporâneo colocar agora a questão sobre aumentos da Função Pública em 2019 e referiu que no próximo ano continuará a política de descongelamento das carreiras.

As alterações à lei do financiamento partidário já foram promulgadas, mas ainda não há meios para as aplicar. O alerta é dado pelo presidente da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP), José Figueiredo Dias, em declarações ao ECO. A polémica lei traz mais funções, mas a Entidade tem apenas três elementos que, sem mais recursos, não conseguirão garantir o cumprimento das novas competências. Os partidos vão entregar contas de 2017 já no final de maio.

O Alentejo pode ter até 1.500 milhões barris de petróleo. A conclusão, revelada num estudo do consórcio composto pela Eni e Galp Energia para a exploração da matéria-prima na Costa Vicentina, se provada, pode levar a avaliação das ações da petrolífera liderada por Carlos Gomes da Silva a subir até 1,10 euros, afirmam os analistas do BPI. Apesar do otimismo, os títulos da Galp Energia estão a recuar, ainda que ligeiramente.

O Benfica perdeu em campo… e está a perder na bolsa. As ações da SAD encarnada lideram as quedas na praça nacional, isto depois da derrota no clássico ter relegado o clube da Luz para a segunda posição no campeonato quando faltam apenas quatro jornadas para o fim.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

A manhã num minuto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião