Sonaecom aprova corte de dividendo para metade. Acionistas vão receber 3,7 cêntimos por ação

Queda dos lucros leva acionistas da Sonaecom a aprovarem, em assembleia geral, o corte para metade do dividendo a distribuir. Já a Sonae SGPS aumenta dividendo para 4,2 cêntimos por ação.

Os acionistas da Sonaecom aprovaram a proposta do conselho de administração que prevê um corte para metade no valor da remuneração a distribuir. Em assembleia geral, deram o seu aval à distribuição de um dividendo de 3,7 cêntimos por ação.

“A cada ação emitida corresponderá um dividendo ilíquido de 0,037 euros”, diz a empresa liderada por Ângelo Paupério, em comunicado enviado à CMVM, onde dá conta das deliberações tomadas na assembleia geral anual de acionistas.

O valor que será distribuído por cada ação detida represente uma quebra de 52% face aos 7,7 cêntimos do dividendo pago no ano passado.

O corte no valor do dividendo surge no seguimento da redução dos lucros registados em 2017. Os resultados líquidos da Sonaecom ascenderam a 22,8 milhões de euros no ano passado, aquém dos 48,1 milhões verificados em 2016.

Sonae SGPS aumenta dividendo para 4,2 cêntimos por ação

Já a Sonae SGPS aprovou a distribuição pelos acionistas de 84 milhões de euros, com um dividendo líquido de 4,2 cêntimos por ação, um aumento face aos quatro cêntimos pagos no exercício anterior. Na assembleia-geral realizada esta quinta-feira, os acionistas aprovaram que os resultados do exercício, no montante de 92.223.270,03 euros sejam aplicados “pelo valor de 4.562.106,03 euros em reservas livres, sendo o valor de 84.000.000,00 euros distribuído aos acionistas como dividendos, correspondendo a um dividendo líquido por ação de 0,042 euros”, revela o comunicado enviado ao mercado.

Em cima da mesa esteve também a deliberação do relatório de gestão de contas individuais e consolidadas, bem como a atribuição de um voto de louvor e confiança à atividade desempenhada pelos órgãos de administração e fiscalização em 2017, sendo ambas aprovadas.

Os acionistas decidiram também aprovar a eleição, até ao fim do mandato em curso (2015-2018), da PwC para Revisor Oficial de Contas e também a eleição de Joaquim Miguel de Azevedo Barroso para revisor do ROC.

Na sessão de hoje, a Sonae SGPS avançou 0,45% para 1,12 euros.

Sonae Capital paga dividendo de 0,06 euros por ação

Já a Sonae Capital que também teve esta quinta-feira os seus acionistas reunidos em assembleia-geral, aprovou a distribuição de mais de cinco milhões de euros em dividendos aos acionistas,

Em comunicado remetida ao mercado, a Sonae Capital adianta que os acionistas aprovaram a proposta de aplicação de resultados de 2017, no montante de 5.589.342,17 euros, “sejam aplicados pelo valor de 279.467,11 euros na composição da reserva legal e que o valor de 5.309.875,06 euros seja distribuído aos acionistas como dividendos”. “Foi adicionalmente deliberada a distribuição de reservas livres no montante de 9.690.124,94 euros, assim perfazendo um dividendo líquido global por ação de 0,06 euros”, lê-se no documento.

Em cima da mesa esteve ainda a aprovação do relatório de contas individuais e consolidadas e da declaração da Comissão de Vencimentos e o Conselho de Administração foi autorizado, durante um período de 18 meses, a proceder à aquisição e alienação de ações e obrigações próprias, dentro do limite legal de 10%.

Na sessão de hoje, a Sonae Capital que avançou 1,22% para 1,00 euros.

(Notícia atualizada com mais informação)

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Sonaecom aprova corte de dividendo para metade. Acionistas vão receber 3,7 cêntimos por ação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião