Que tipo de investidor é? Responda a estas perguntas da CMVM

A CMVM vai realizar um novo inquérito sobre o investidor português, com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento do seu perfil. Desta vez é feito online.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) quer conhecer melhor os investidores portugueses. Neste sentido, e 13 anos depois de ter feito o último, lançou um novo inquérito para “aperfeiçoar o conhecimento do seu perfil”. Quem quiser participar, basta responder às perguntas que são colocadas online.

Este é o “quarto inquérito online sobre o investidor português, com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento do seu perfil e, desta forma, avaliar com maior precisão as eventuais necessidades de adoção de medidas adicionais de proteção e de educação financeira dos investidores”, refere a CMVM.

O inquérito, destinado a investidores não profissionais, vai decorrer até final de julho. Para participar terá apenas de aceder à página da internet criada especificamente para o efeito, respondendo a um conjunto de perguntas. A CMVM diz que demora cerca de 20 minutos.

Estas são algumas das questões que vai encontrar:

Suponha que tem 100 euros numa conta bancária cuja taxa de juro é 1% ao ano. Após 5 anos, quanto será o saldo da conta se não retirar de lá nenhum dinheiro, nem existirem comissões ou impostos associados (ou seja, no fim de cada ano deixa ficar o valor dos juros nessa conta bancária)?

  • Mais do que 105 euros
  • Exatamente 105 euros
  • Menos que 105 euros

Indique por favor se a seguinte afirmação é verdadeira ou falsa: “O investimento numa ação de uma empresa normalmente proporciona um retorno mais seguro do que o investimento num fundo de ações.”

  • Verdadeiro
  • Falso

Investiu numa obrigação que paga uma taxa de juro fixa. Entretanto as taxas de juro do mercado diminuí­ram. Se vender essa obrigação após esta diminuição, o preço desta obrigação deve ser:

  • Menor do que o preço a que comprou
  • Igual ao preço a que comprou
  • Maior do que o preço a que comprou

Compara as taxas de juro/rentabilidade antes de fazer uma aplicação de poupança/investimento?

  • Sim, mas só entre os bancos de que sou cliente
  • Sim, comparo as taxas oferecidas entre os bancos de que sou cliente e as praticadas noutros bancos
  • Não, utilizo sempre o mesmo banco
  • Não, não comparo

Conhecer melhor os investidores

A CMVM procura com este inquérito avaliar com maior precisão as eventuais necessidades de adoção de medidas adicionais de proteção dos investidores, isto depois de nos últimos anos vários terem sido penalizados pelos sucessivos colapsos no sistema financeiro nacional.

O regulador do mercado procura compreender não só o nível de conhecimento, como a autoavaliação que os investidores fazem das suas decisões de investimento.

“No terceiro inquérito online ao investidor português, realizado em 2005, dois em cada três investidores afirmavam ter um conhecimento médio sobre o mercados de valores mobiliários e apenas 2,3% referiam ser muito conhecedores”, nota a CMVM.

“Cerca de metade dos investidores (48%) diziam informar-se diariamente sobre a evolução dos índices e cotações, embora apenas 13,5% afirmassem movimentar a sua carteira de títulos mais do que uma vez por semana”, revelava o mesmo inquérito que permitiu também concluir que “os investidores com habilitações académicas superiores tinham maiores níveis de confiança e de exposição ao risco”.

Comentários ({{ total }})

Que tipo de investidor é? Responda a estas perguntas da CMVM

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião