Lesados do BES já receberam primeiras indemnizações

  • Lusa
  • 21 Junho 2018

No total, foram pagos cerca de 120 milhões de euros pelo fundo de recuperação de créditos (gerido pela empresa Patris), o equivalente a 30% da indemnização a que estes clientes têm direito.

Os lesados do papel comercial vendido pelo BES receberam esta quinta-feira a primeira parcela da indemnização que os compensa parcialmente pelas perdas sofridas com a queda do banco, disse à Lusa o presidente da associação de lesados.

No total, foram pagos cerca de 120 milhões de euros pelo fundo de recuperação de créditos (gerido pela empresa Patris), o equivalente a 30% da indemnização a que estes clientes têm direito. O dinheiro foi depositado nas contas dos lesados no Novo Banco.

Este valor serve de indemnização aos 2.000 clientes que compraram mais de 400 milhões de euros em papel comercial antes da queda do banco e do Grupo Espírito Santo (GES), no verão de 2014.

Dos clientes que indicaram que queriam aderir à solução para compensação parcial das perdas, que representavam 99% do capital reclamável, foram aprovados a grande maioria na fase de validação dos processos (equivalente a 96% do capital reclamável), mas alguns ficaram de fora.

A solução encontrada para estes clientes não os compensa totalmente pelas perdas, uma vez que quem fez aplicações até 500 mil euros recebe 75%, num máximo de 250 mil euros, e para aplicações acima de 500 mil euros recupera apenas 50%.

Depois do pagamento hoje da primeira parcela da indemnização pelo fundo de recuperação de créditos (que recorreu para isso a um empréstimo do Estado), as restantes duas parcelas da indemnização serão pagas em 2019 e 2020. No total, deverão ser pagos cerca de 267 milhões de euros aos lesados do papel comercial.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lesados do BES já receberam primeiras indemnizações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião