EDP Renováveis e BCP suportam ganhos em Lisboa

A praça bolsista nacional segue em alta ligeira, naquele que é o segundo dia consecutivo de ganhos. O PSI-20 acompanha o rumo dos pares europeus, suportado pelo títulos da EDP Renováveis e BCP.

A bolsa nacional iniciou a sessão com ganhos tímidos, num dia em que as pares europeias também seguem em alta. A subida dos títulos da EDP Renováveis e do BCP estão a ser o principal fôlego dos ganhos do PSI-20 que segue em alta pela segunda sessão consecutiva.

O índice PSI-20 iniciou a sessão a somar uns ligeiros 0,09%, para os 5.520,06 pontos, com a maioria dos títulos que o compõem com sinal positivo.

As ações da EDP Renováveis são um dos principais suportes do avanço do índice nacional, ao registarem uma valorização de 0,67%, para os 9,05 euros. Este avanço acontece depois de, nesta quarta-feira, a empresa do setor das energias renováveis deu conta de que entrou no mercado grego através de um leilão de energia para a venda de energia eólica. O objetivo é iniciar operações dentro de dois anos.

No mesmo sentido, segue também o BCP, que vê os seus títulos progredirem 0,66%, para os 25,78 cêntimos.

As retalhistas também estão a ter um arranque de sessão positivo. As ações da Sonae seguem a ganhar 0,7%, para os 1,001 euros, enquanto as da Jerónimo Martins valorizam 0,45%, para os 12,3 euros, no dia em que o Barclays reviu a respetiva avaliação. O banco cortou o preço-alvo que atribui às ações da Jerónimo Martins, dos 14 para os 13 euros, mas elevou a recomendação de “underweight” para “equal weight”.

O Barclays também reviu o preço-alvo das ações da Galp Energia, mas em sentido contrário. Elevou o respetivo target para 18 euros, acima dos anteriores 17,5 euros. Contudo, as ações da petrolífera seguem em queda. Deslizam 0,3%, para os 16,60 euros, distanciando-se dessa avaliação.

No vermelho, segue também a Nos, que vê as suas ações recuarem 0,47%, para os 4,69 euros.

(Notícia atualizada às 8h23 minutos com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis e BCP suportam ganhos em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião