A manhã num minuto

Não sabe o que se passou durante a manhã? Fizemos um vídeo que reúne as notícias mais relevantes, em apenas um minuto.

O Novo Banco celebra hoje quatro anos de vida. Marcelo garante que o veto ao direito de preferência foi “totalmente solitário”. No dia mundial da cerveja, a Eurostat mostra que Portugal foi um dos três países que mais aumentou a produção. Sabe quem é o gestor mais bem pago em Portugal? Estas e outras notícias que marcaram a manhã desta sexta-feira.

O Novo Banco nasceu no berço da complexa resolução aplicada ao histórico BES e já celebra quatro anos de vida. Ao ECO, António Ramalho assume que os próximos quatro anos serão de “reconstrução”.

O Presidente da República desmente que tenha sido assessorado por um advogado de uma firma que presta serviços a fundos imobiliários. “Foi um veto totalmente solitário”, garante.

Os preços dos combustíveis vão sofrer alterações ligeiras na próxima semana. A gasolina vai aumentar pela segunda semana consecutiva, enquanto o gasóleo deverá registar uma pequena descida, depois de ter aumentado esta segunda-feira.

No Dia Internacional da Cerveja, o Eurostat publica os dados sobre a produção de cerveja na União Europeia. Portugal está em destaque, como um dos países onde a produção mais aumentou.

O gestor mais bem pago da bolsa portuguesa comparou o seu ordenado ao de um futebolista de um clube do meio da tabela. No ano passado ganhou 2,2 milhões de euros.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

A manhã num minuto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião