Peças do casal Barbara e Frank Sinatra vão a leilão em dezembro

  • Lusa
  • 20 Setembro 2018

A Sotheby's anunciou que vai promover três leilões em dezembro com peças do casal Barbara Sinatra e Frank Sinatra. São peças de arte, decoração e móveis colecionados pelo casal, incluindo jóias.

A leiloeira Sotheby’s vai realizar em dezembro três leilões em Nova Iorque com peças de arte, joias e lembranças do casamento entre os cantores Barbara e Frank Sinatra. O leilão principal, que será realizado a 6 de dezembro, inclui um retrato a óleo de Frank Sinatra, de Norman Rockwell, os guiões finais revistos d​e”From Here to Eternity” (1953) e “Ocean’s 11” (1960), bem como pinturas de Childe Hassam e Pablo Picasso.

A coleção de objetos “oferece uma rara janela para a vida pessoal do famoso casal, através de centenas de trabalhos que Barbara e Frank reuniram e com os quais viveram durante o casamento de 22 anos”, disse a Sotheby’s em comunicado. São peças de arte, decoração e móveis colecionados pelo casal e que se encontravam nas suas residências em Palm Springs, Los Angeles e Malibu, mas também memórias que Bárbara herdou depois de se tornar viúva.

Há memórias políticas, incluindo livros assinados, prémios e fotografias relacionadas com vários presidentes dos EUA, de Harry Truman a Bill Clinton, bem como retratos de Sinatra com outros membros do chamado “Rat Pack”, designação dada a um grupo de artistas populares muito ativo entre meados das décadas de 1950 e de 1960.

Algumas das joias da coleção pessoal de Barbara Sinatra, que morreu há pouco mais de um ano, serão leiloadas a 4 de dezembro e incluem um anel de diamante com 20,50 quilates de esmeralda, avaliado até 1,5 milhão de dólares.

Os três leilões, entre os quais um online, vão alocar parte dos lucros ao Centro Infantil Barbara Sinatra, uma organização sem fins lucrativos fundada pelo casal para ajudar vítimas de abuso infantil físico, sexual e emocional.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Peças do casal Barbara e Frank Sinatra vão a leilão em dezembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião