Governo de Costa teve mais greves do que o de Passos

  • ECO
  • 26 Outubro 2018

Em três anos, Governo já enfrentou quase tantas greves como as que ocorreram durante o mandato completo de Passos. No entanto, greves gerais são uma raridade.

A Função Pública fez já mais greves no Governo de António Costa do que no anterior, liderado por Passos Coelho. Isto quer dizer que, durante os últimos anos, houve mais greves mas, no entanto, mais pequenas na geringonça, escreve esta sexta-feira o jornal Público (acesso condicionado).

De acordo com as contas do diário, em menos de três anos António Costa já enfrentou quase tantas greves da Função Pública como as que aconteceram durante o mandato completo de Pedro Passos Coelho: os pré-avisos de greve dispararam com a subida do Partido Socialista ao poder — Passos teve 299 greves e Costa está quase a igualar o recorde — mas, em contrapartida, as greves gerais tornaram-se uma raridade.

E se, no ano passado, o Governo socialista teve 151 pré-avisos de greves e, este ano 171, em ambos os anos ultrapassaram qualquer dos anos do anterior primeiro-ministro. No entanto, em todos estes casos, Costa nunca teve de enfrentar uma greve nacional mas, apenas local (setorial). Em contrapartida, Passos Coelho, durante o período da troika, chegou a viver 23 graves nacionais (2013) e 11 em 2014.

Esta sexta-feira, a função pública está em greve. Mário Nogueira, da Fenprof, antecipa que milhares de escolas poderão fechar em todo o país devido à greve convocada pelas duas centrais sindicais.

“Pensamos que, por força da greve dos professores, por força — e aqui determinante –, da participação dos funcionários, vamos ter milhares de escolas encerradas. Eu diria, amanhã [sexta-feira] será um dia sem aulas neste país”, disse Mário Nogueira, secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), em conferência de imprensa em Lisboa, antecipando, com base nos “sinais” dados pelos professores nos últimos dias uma elevada participação na greve.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo de Costa teve mais greves do que o de Passos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião