OE já conta com mais de 200 propostas de alteração

  • ECO
  • 6 Novembro 2018

Só o PCP, o BE, o PEV e o PAN entregaram 211 propostas de alteração ao Orçamento do Estado para o próximo ano. O PS e o PSD ainda não entregaram quaisquer propostas, mas podem fazê-lo até dia 16.

O Orçamento do Estado (OE) para o próximo ano foi entregue há poucas semanas, mas já conta com mais de 200 propostas de alteração, a maioria do PCP. Os socialistas e os sociais-democratas ainda não apresentaram quaisquer propostas, mas ainda o podem fazer até dia 16. Contudo, até o final do prazo, o Bloco de Esquerda (BE) e o PCP admitem entregar novas propostas, avança o Jornal de Negócios (acesso pago).

O período de entrega de propostas arrancou na sexta-feira e, no final desta segunda-feira, já se contavam 211 as propostas que tinham dado entrada no Parlamento. O PAN destaca-se com o maior número de alterações sugeridas, entre elas a alteração da taxação dos sacos de plástico e a dedução em IRS de “despesas de sustentabilidade” ambiental. O partido quer ainda que o leite com chocolate passe a ser taxado como uma bebida açucarada, algo que está a ser pedido pela Coca-Cola.

Já os bloquistas apresentaram 68 propostas, tais como a redução do IVA nos espetáculos de cultura e a isenção de IRS, IRC e de contribuições para a Segurança Social para os que sofreram com o incêndio de Monchique. O partido defende ainda o fim das cativações na Entidade Reguladora da Saúde.

O PCP entregou 51 propostas, de acordo com o mesmo jornal, entre elas a expansão do Metro de Lisboa e do Porto e a restituição do IVA para o INEM e do ISP para as cooperações de bombeiros. O partido defende ainda a redução das portagens para motociclos.

O PEV foi o partido que entregou o menor número de propostas, num total de nove, entre elas a redução do número de alunos por turma e a contratação de técnicos de saúde ambiental para o SNS.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

OE já conta com mais de 200 propostas de alteração

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião