Governo já fez o Orçamento para 2019. Você sabe fazer o seu?

A elaboração de um orçamento familiar é uma das ferramentas mas importantes para garantir a saúde das finanças pessoais. Conheça seis etapas essenciais para a sua elaboração.

A rotina repete-se. Todos os anos, o Governo constrói o Orçamento do Estado para o ano seguinte. São páginas e páginas de um documento que reúne a previsão de receitas e despesas que irá servir de guião para a gestão das finanças públicas do país no ano seguinte. Há semelhança do Estado, a elaboração de um orçamento familiar é possivelmente uma das ferramentas mais importantes para garantir uma gestão equilibrada das finanças do agregado.

Mas a importância dessa construção ainda passa ao lado de muitas famílias. Algo que é comprovado no último Inquérito à Literacia Financeira da população portuguesa, relativo a 2015. Segundo esse inquérito da responsabilidade do Banco de Portugal, quase 30% dos portugueses não fazem qualquer planeamento do seu orçamento familiar.

E, contrariamente ao que acontece no Orçamento do Estado, não se trata de um exercício difícil. Fique a conhecer em seis passos, aqueles que são as principais etapas a ter em conta na elaboração de um orçamento familiar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo já fez o Orçamento para 2019. Você sabe fazer o seu?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião