Londres e Bruxelas terão chegado a acordo sobre Brexit. May convoca conselho de ministros

As duas partes terão conseguido um entendimento relativamente à questão da fronteira entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte.

O Reino Unido e a União Europeia já terão chegado a um rascunho de acordo final sobre o Brexit, avança a imprensa britânica. Segundo a RTE, estação pública de televisão irlandesa, as duas partes terão alcançado um entendimento relativamente à questão da fronteira entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte, um dos detalhes que faltava para se fechar um acordo. Entretanto, a primeira-ministra britânica, Theresa May, convocou um conselho de ministros para esta quarta-feira.

A RTE adianta que o acordo terá sido alcançado na noite de segunda-feira, mas ainda não há confirmação oficial de que as negociações estejam concluídas. Aliás, ainda esta terça-feira, no briefing após a reunião do colégio de comissários que decorreu em Estrasburgo, o vice-presidente da Comissão Europeia disse que prosseguem “intensas negociações” sobre o Brexit e que “há progressos, mas ainda não há acordo”. Ao mesmo tempo, a Comissão Europeia continua a preparar-se para um cenário de não acordo com o Reino Unido e, esta terça-feira, propôs a isenção de vistos para os britânicos que passem curtas estadias na União Europeia, se Londres aceitar reciprocidade — esta proposta será válida com ou sem acordo.

A confirmar-se que já foi encontrada, a solução, detalha a televisão irlandesa, passará por um mecanismo que evitará uma fronteira física entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte. Será um modelo de controlo aduaneiro temporário, com normas específicas para Irlanda do Norte. O futuro da fronteira entre as duas Irlandas era a última grande questão a ser definida nas negociações.

Também a BBC confirma que o acordo já terá sido alcançado a nível técnico e que Theresa May está agora a chamar cada um dos ministros para conversas individuais ainda esta terça-feira. Já na quarta-feira, a primeira-ministra vai conduzir um conselho de ministros extraordinário para discutir este acordo.

Já o The Guardian refere que o acordo alcançado tem mais de 400 páginas. Esta noite, os ministros terão oportunidade de consultar este documento. Segundo o mesmo jornal, os defensores do Brexit opõem-se a uma solução que deixe o Reino Unido num estado permanente de “união aduaneira. No acordo que irão consultar esta noite, irão também procurar pelas competências que serão atribuídas à justiça europeia para a resolução de disputas.

Quando as notícias de que o acordo foi alcançado começaram a ser veiculadas, a bolsa londrina já tinha encerrado, tendo fechado acima da linha de água. Já a libra está a valorizar perante as novidades. A moeda britânica aprecia 1,43% contra o dólar, para os 1,3030 dólares, e 0,81% contra o euro, para os 1,1545 euros.

Notícia atualizada pela última vez às 17h25 com mais informação.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Londres e Bruxelas terão chegado a acordo sobre Brexit. May convoca conselho de ministros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião