Portuguesa SIMAB chega à China. Vai criar uma cidade comercial

A "Cidade Comercial de Produtos Especiais - Cixi Global", em Cixi, vai incluir "mercado abastecedor, retalho, restauração, zona de importação e exportação e show rooms".

A SIMAB — Sociedade Instaladora De Mercados Abastecedores prepara-se para entrar em território chinês através da instalação de uma espécie de cidade comercial na cidade de Cixi, anunciou a empresa em comunicado. A parceria internacional foi assinada esta semana e prevê a instalação de um complexo

“O grupo SIMAB, representado pelo CEO Rui Paulo Figueiredo, assinou esta semana uma parceria estratégica internacional, inédita e de alta importância, com o Estado chinês, representado pelo CCPIT (Conselho Chinês para a Promoção do Comércio Internacional) e a sua subsidiária Zhong Mao Tou Management Inc.”, refere o documento.

A construção da “Cidade Comercial de Produtos Especiais – Cixi Global” vai incluir “um mercado abastecedor, espaços retalhistas, zona de importação e exportação, show rooms, espaços de restauração” e outras atividades comerciais.

Para o projeto, o Governo de Cixi vai fornecer o terreno e apoiar política e logisticamente, enquanto o Grupo SIMAB vai ser responsável pela sua gestão, que inclui a conceção e produção de estudos, supervisão da construção, formação dos operados, gestão de negócio e auxílio à importação e exportação de produtos alimentares. Os restantes parceiros — entre os quais a EasyBest –, ficarão responsáveis por encarregues do fornecimento de produtos.

“O objetivo comum passa por dar total atenção às vantagens dos envolvidos, complementar os pontos fortes uns dos outros, aumentar a competitividade e expandir em conjunto o mercado internacional”, lê-se no acordo assinado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portuguesa SIMAB chega à China. Vai criar uma cidade comercial

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião